top of page

O ATAQUE INESPERADO

Conto misterioso

Estava eu assistindo TV  numa terça feira a tarde, logo depois da escola. Meus pais estavam trabalhando e eu estava com minha tia em casa. Quando escuto um barulho muito forte lá fora, imagino ser um caminhão passando, mas noto que o barulho aumentava. Saí lá fora meio assustado e quase tive um treco: vi lá no céu, um tipo de disco voador, todo cinza, girando sem parar e, dentro dele, um  ser parecendo uma mistura de cachorro com humano, tinha uns dois metros de altura, 3 olhos e dentes pequenos, mas uma boca bem grande e quadrada.


Corri pra dentro e peguei minha tia e saímos correndo e gritando pela rua, onde outras pessoas também estavam assustadas. Nesta hora, ele me olhou correndo e veio em minha direção e, do nada, o ET apareceu na minha frente e tocou no meu nariz e na hora paralisei. Quase tive um infarto: minha tia desmaiou no chão e eu tentei gritar, mas a voz não saiu. O ET abriu a mão e tirou um tipo de arma, fez um pequeno buraco na minha testa, tipo uma picada de agulha e tirou um pouco de sangue e tomou. Nesta hora, senti meu corpo sonolento e desmaiei.


Acordei assustado e notei que estava todo molhado, na minha cama, não entendi direito o que houve. Corri para fora e estava tudo normal, minha tia estava varrendo a calçada, os vizinhos conversando no muro, carros passando… Será que tive um sonho? Me questionava a todo momento. Foi um sonho! O alívio foi imediato, e até respirei tranquilo. Decidi tomar um banho, quando olhei no espelho, notei uma cicatriz na minha testa. Nesta hora perdi o equilíbrio, caí e vi meu celular no chão, apitando uma mensagem, fui olhar e estava escrito a seguinte mensagem: volto logo, gostei da terra, só fui pegar um pão na padaria, porque o sangue estava ruim! Ass.: MART.


Conheça o autor




16 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page