top of page

PROJETO MÃO NA MASSA 4 – O MUNDO DO TRABALHO E EU: OFICINA DE SABONETE ARTESANAL

Atualizado: 18 de ago. de 2023


1. Componentes curriculares

  • Língua Portuguesa;

  • Matemática;

  • Química.

2. Habilidades


HABILIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA, POR CAMPO DE ATUAÇÃO E COMPETÊNCIA ESPECÍFICA DE ÁREA


CAMPO JORNALÍSTICO-MIDIÁTICO


(EM13LP44) Analisar formas contemporâneas de publicidade em contexto digital (advergame, anúncios em vídeos, social advertising, unboxing, narrativa mercadológica, entre outras), e peças de campanhas publicitárias e políticas (cartazes, folhetos, anúncios, propagandas em diferentes mídias, spots, jingles etc.), identificando valores e representações de situações, grupos e configurações sociais veiculadas, desconstruindo estereótipos, destacando estratégias de engajamento e viralização e explicando os mecanismos de persuasão utilizados e os efeitos de sentido provocados pelas escolhas feitas em termos de elementos e recursos linguístico-discursivos, imagéticos, sonoros, gestuais e espaciais, entre outros — RELACIONADA ÀS COMPETÊNCIAS, ESPECÍFICAS DA ÁREA DE LINGUAGENS, 1E 7.


CAMPO DAS PRÁTICAS DE ESTUDO E PESQUISA


(EM13LP28) Organizar situações de estudo e utilizar procedimentos e estratégias de leitura adequados aos objetivos e à natureza do conhecimento em questão — RELACIONADA ÀS COMPETÊNCIAS, ESPECÍFICAS DA ÁREA DE LINGUAGENS, 3 E 7.


(EM13LP33) Selecionar, elaborar e utilizar instrumentos de coleta de dados e informações (questionários, enquetes, mapeamentos, opinários) e de tratamento e análise dos conteúdos obtidos, que atendam adequadamente a diferentes objetivos de pesquisa — RELACIONADA ÀS COMPETÊNCIAS, ESPECÍFICAS DA ÁREA DE LINGUAGENS, 3.


HABILIDADES DE MATEMÁTICA, POR COMPETÊNCIA ESPECÍFICA DE ÁREA


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 1

Utilizar estratégias, conceitos e procedimentos matemáticos para interpretar situações em diversos contextos, sejam atividades cotidianas, sejam fatos das Ciências da Natureza e Humanas, das questões socioeconômicas ou tecnológicas, divulgados por diferentes meios, de modo a contribuir para uma formação geral.


(EM13MAT101) Interpretar situações econômicas, sociais e das Ciências da Natureza que envolvem a variação de duas grandezas, pela análise dos gráficos das funções representadas e das taxas de variação com ou sem apoio de tecnologias digitais.


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 3

Utilizar estratégias, conceitos, definições e procedimentos matemáticos para interpretar, construir modelos e resolver problemas em diversos contextos, analisando a plausibilidade dos resultados e a adequação das soluções propostas, de modo a construir argumentação consistente.

(EM13MAT303) Resolver e elaborar problemas que envolvem porcentagens em diversos contextos e sobre juros compostos, destacando o crescimento exponencial.


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 4

Compreender e utilizar, com flexibilidade e precisão, diferentes registros de representação matemáticos (algébrico, geométrico, estatístico, computacional etc.), na busca de solução e comunicação de resultados de problemas.


(EM13MAT406) Utilizar os conceitos básicos de uma linguagem de programação na implementação de algoritmos escritos em linguagem corrente e/ou matemática.


HABILIDADES DE QUÍMICA, POR COMPETÊNCIA ESPECÍFICA DE ÁREA


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 1

Analisar fenômenos naturais e processos tecnológicos, com base nas interações e relações entre matéria e energia, para propor ações individuais e coletivas que aperfeiçoem processos produtivos, minimizem impactos socioambientais e melhorem as condições de vida em âmbito local, regional e global.


(EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida em todas as suas formas. RELACIONADA À TRANSFORMAÇÃO QUÍMICA ENVOLVENDO PRODUTOS DESCARTÁVEIS, COMO O ÓLEO DE COZINHA USADO.


(EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis. RELACIONADO À REFLEXÃO DOS MATERIAIS POTENCIALMENTE NOCIVOS UTILIZADOS NA CONFECÇÃO DO SABONETE, COMO A SODA CAUSTICA.


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 2

Analisar e utilizar interpretações sobre a dinâmica da Vida, da Terra e do Cosmos para elaborar argumentos, realizar previsões sobre o funcionamento e a evolução dos seres vivos e do Universo, e fundamentar e defender decisões éticas e responsáveis.


(EM13CNT201) Analisar e discutir modelos, teorias e leis propostos em diferentes épocas e culturas para comparar distintas explicações sobre o surgimento e a evolução da Vida, da Terra e do Universo com as teorias científicas aceitas atualmente. REFLEXÃO RELACIONADA A ASPECTOS HISTÓRICOS DA PRODUÇÃO DE SABÃO.


(EM13CNT206) Discutir a importância da preservação e conservação da biodiversidade, considerando parâmetros qualitativos e quantitativos, e avaliar os efeitos da ação humana e das políticas ambientais para a garantia da sustentabilidade do planeta. RELACIONADA À TRANSFORMAÇÃO QUÍMICA QUE ENVOLVE PRODUTOS DESCARTÁVEIS E POLUENTES, COMO O ÓLEO DE COZINHA USADO.


COMPETÊNCIA ESPECÍFICA 3

Investigar situações-problema e avaliar aplicações do conhecimento científico e tecnológico e suas implicações no mundo, utilizando procedimentos e linguagens próprios das Ciências da Natureza, para propor soluções que considerem demandas locais, regionais e/ou globais, e comunicar suas descobertas e conclusões públicos variados, em diversos contextos e por meio de diferentes mídias e tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC).


(EM13CNT301) Construir questões, elaborar hipóteses, previsões e estimativas, empregar instrumentos de medição e representar e interpretar modelos explicativos, dados e/ou resultados experimentais para construir, avaliar e justificar conclusões no enfrentamento de situações-problema sob uma perspectiva científica. RELACIONADAS À MEDIÇÃO DA MATÉRIA PRIMA PARA A REAÇÃO QUÍMICA, BEM COMO PROMOVER UMA REFLEXÃO SOBRE ADEQUAÇÃO DE QUANTIDADES.


(EM13CNT307) Analisar as propriedades dos materiais para avaliar a adequação de seu uso em diferentes aplicações (industriais, cotidianas, arquitetônicas ou tecnológicas) e/ ou propor soluções seguras e sustentáveis considerando seu contexto local e cotidiano.


3. Metodologia


  • Aulas síncronas para discussão dos conteúdos teóricos.

  • Sala de aula invertida para que os momentos síncronos sejam de análise e estudo de caso, bem como de desenvolvimento das práticas.

  • Seminário e consulta pública para definição da campanha de marketing que representará o subproduto.


4. Recursos

  • Google Meet: plataforma para interação síncrona com os pares.

  • Microsoft Excel on-line ou Planilhas Google: prática de matemática.

  • Kit de materiais: material para a produção do sabonete artesanal.

  • Canva: criação da campanha de publicitária.

  • Google Forms: criação da pesquisa para eleição da campanha que representará o subproduto sabonete.

  • Redes sociais: divulgação do produto Feira de exposição e comercialização.


5. Produto

  • Produto: Feira de exposição e comercialização do produto.

  • Subprodutos: Sabonete artesanal, campanha publicitária e planilha de precificação.


6. Duração

  • 8 semanas.

7. Desenvolvimento


ETAPA 1: Ambientação da atividade (interdisciplinar).


Nesta etapa os professores devem apresentar:

– Como serão desenvolvidas as atividades;

– A organização dos momentos síncronos por disciplina;

– A organização dos momentos síncronos interdisciplinares (pode ser roda de conversa, debates, diálogos etc.);

– As etapas do projeto;

– As plataformas a serem utilizadas;

– As atribuições de cada estudante no projeto;

– Os objetivos do projeto;

– A necessidade de elaboração do cronograma.


ETAPA 2: Definição e atribuição das atividades aos grupos (interdisciplinar).


Neste momento os professores e alunos definirão os grupos de trabalho, com apresentação das atribuições individuais e coletivas.


Além disso, é importante mostrar para os alunos formas de organização para que haja bom desempenho das atividades a serem cumpridas. Sendo assim, os professores podem apresentar aplicativos que auxiliem nesta organização colaborativa, como: Google Drive, Google Planilhas, Google Tarefas, Google Meet, Google Docs etc.


ETAPA 3: Mão na massa (4 semanas).


MOMENTO INTERDISCIPLINAR 1: CICLO DE PROFISSÕES


Podem ser realizados debates com profissionais de diversas profissões, a fim de que os alunos compreendam mais sobre onde cada profissão atua. Neste momento pode convidar-se professores de universidades parceiras, pois, assim, os alunos já podem sanar dúvidas sobre a possível área do ensino superior que eles possuem interesse.


Além disso, pode fazer-se momentos de reflexão sobre formas simples de empreender. Este momento pode ser realizado em formato de bate-papo entre os professores e alunos, com convidados do comércio local e/ou com outros profissionais convidados. Cabe usar a criatividade e adaptar as possibilidades conforme a infraestrutura e realidade local do colégio.


LÍNGUA PORTUGUESA – ASPECTO TEÓRICO-PRÁTICO


No primeiro momento da etapa de Língua Portuguesa pode ser realizada uma roda de conversa sobre campanhas de marketing que eles veem em circulação no dia a dia e que os impactam.


O intuito desse momento é levar os discentes a refletirem sobre a linguagem dos textos publicitários, principalmente no quesito persuasão através da linguagem (verbal e/ou não verbal).


Após este momento, deve ser direcionado um estudo sobre campanha publicitária, anúncios publicitários, estrutura de gêneros publicitários, elementos linguísticos deste tipo de comunicação, mídias e tecnologias influenciadoras deste tipo de discurso etc. Esta pesquisa pode ser direcionada por meio de uma trilha pedagógica em plataforma virtual, na qual o aluno materializa sua busca em forma de: um relatório, um mapa conceitual, um infográfico, entre outras técnicas.


No segundo momento, os alunos trazem os resultados de suas pesquisas e inicia-se a discussão de como construir uma campanha efetiva para vender o subproduto sabonete, o qual será produzido em Química.


Após a discussão em sala (presencial ou virtual), mediada pelo professor, a turma deve ser dividida em grupos (com quantidade definida pelo professor), sendo que a tarefa de cada grupo é construir uma campanha publicitária para a venda do sabonete a ser produzido.


A campanha elaborada será apresentada para um grupo de professores e para os demais grupos, a fim de que uma campanha seja escolhida para representar o subproduto.


A produção do material de marketing pode ser realizada na plataforma Canva (versão for education), a qual permite ser realizado um trabalho colaborativo entre os alunos.


MATEMÁTICA – ASPECTO TEÓRICO-PRÁTICO


Em Matemática, o primeiro momento deve ser destinado para o estudo básico sobre a plataforma Microsoft Excel (ou Planilhas Google), sendo que os alunos precisam explorar a ferramenta e com a mediação do professor compreender o pensamento matemático e as possibilidades de uso do recurso.


Logo após, os alunos deverão ser questionados sobre como essa ferramenta poderia ser utilizada para contribuir com a oficina de sabonete artesanal, focando no aspecto do empreendedorismo.


O segundo momento é destinado ao levantamento dos gastos de produção para o artesanato (insumos físicos como: essências, óleos, base glicerinada etc.). Feito o levantamento de dados, os alunos aprendem a realizar a transferência de todos os dados coletados para a plataforma Excel, construindo uma planilha e fazendo uso das fórmulas do Excel, pertinentes.


No terceiro momento específico da disciplina de Matemática é feita a reflexão sobre como valorar a mão de obra destinada para produção, como determinar os gastos gerais (gás, eletricidade, água etc.) e também como estabelecer a porcentagem de lucro em relação à expectativa de venda e o público-alvo, levando em consideração a disposição para compra e o poder aquisitivo do mesmo. Nesse momento, o professor pode realizar um brainstorming para coletar as ideias dos alunos. Após o diálogo, o professor apresenta como utilizar o Excel para obter esses valores aplicando a lógica a fórmulas matemáticas da própria plataforma. Além disso, nessa etapa, os alunos estão materializando a montagem de planilhas de Excel e literalmente administrando as finanças do próprio produto, sob a monitoria do professor.


Por fim, os alunos precisam finalizar e entregar ao professor uma planilha de Excel aplicando os conhecimentos que foram discutidos e aprendidos durante as aulas de matemática sobre a valoração de um produto, obtendo o valor final de comércio para os sabonetes.


QUÍMICA – ASPECTO TEÓRICO-PRÁTICO


Na primeira fase, o professor deve promover um encontro virtual/presencial com os alunos de forma a fazer um levantamento de dados sobre as perspectivas dos alunos com a confecção do sabonete.


Na sequência, é produzida a base para sabão. No momento virtual, o professor pode fazer a produção via plataforma síncrona (Google Meet, Zoom, Teams etc.), tendo os estudantes como expectadores. Já no modelo presencial, essa prática deve acontecer no laboratório de Química sob a supervisão do professor.


Após isso, deve ser apresentada a parte teórico-experimental para a obtenção do produto, vinculando cada etapa da execução ou material utilizado ao conteúdo em questão. Explorando aspectos científicos, históricos e do entorno imediato relacionados ao produto e ao conteúdo em questão. Neste caso, na oficina do sabonete artesanal, é válido trabalhar aspectos históricos da produção de sabão.


Sob o aspecto científico, devem ser exploradas a composição, propriedades e identificação de compostos orgânicos, além de aspectos da reatividade destes compostos culminando nos tipos de Reações orgânicas (mais especificamente a Reação de Saponificação, ou seja, HIDRÓLISE ALCALINA DE ESTERES), para a obtenção do produto desejado: “o sabonete”.


Após as aulas de explanação e experimentação em que o professor apresenta os aspectos teórico-práticos, é importante que o docente estimule os alunos a pesquisarem sobre o assunto, podendo direcionar a busca ou promover, até mesmo, um fórum de discussão em plataforma virtual (pode utilizar um Padlet, Google Sites, Blogger etc.) com questões de empreendedorismo, a química da vida do aluno, criatividade sobre a produção do sabonete, entre outros assuntos.


No segundo momento, os alunos, já com os Kits em mãos, devem iniciar a produção do seu próprio sabonete. Se virtualmente, cada aluno desenvolve a produção em sua casa com a câmera aberta em plataforma síncrona de comunicação (Google Meet, Zoom, Microsoft Teams etc.). Caso estejam desenvolvendo presencialmente a atividade, ela pode acontecer no laboratório de Química do colégio.


Ainda nesse momento, o professor atua como mediador sanando as dúvidas dos alunos e levando-os a pensar sobre a ação dos elementos químicos envolvidos na produção do produto em questão. Ademais, é importante instigar o senso criativo dos alunos na construção do seu produto, sempre tendo em vista o resultado: empreender.


MOMENTO INTERDISCIPLINAR 2: MOSTRA DAS CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS


Neste momento, os grupos apresentam suas campanhas para os professores das disciplinas que compõem o projeto e/ou para professores convidados para compor a “banca”.


Após as apresentações, os professores podem fazer sugestões de melhorias/adaptações dos subprodutos apresentados.


Finalizadas as apresentações, os alunos têm um prazo, definido pelos professores, para devolver os ajustes e reencaminhar o material para o professor de Língua Portuguesa, por canal de comunicação pré-definido (e-mail, Telegram, WhatsApp, Classroom, Google Forms, Edmodo etc.).


Quando os materiais tiverem em posse do professor, será criado um formulário de votação, que será divulgado para a escola, a fim de que haja a votação do qual será eleito para representar o subproduto sabonete.


Atenção!

É válido lembrar que as discussões entre os alunos podem acontecer sincronamente de forma presencial ou virtual (Google Meet, Zoom, Microsoft Teams etc.) e também de forma assíncrona em fóruns de discussões virtuais (podem ser usadas ferramentas como Padlet e Blogger).


Ademais, os momentos teórico-práticos das disciplinas que compõem esse projeto acontecem de forma concomitante. Assim, tem-se:


Fase 1: momento interdisciplinar 1;

Fase 2: Momentos teórico-práticos das disciplinas;

Fase 3: Momento interdisciplinar 2.


É importante ressaltar que, os professores precisam definir as regras de interação, além de estarem presentes na mediação das discussões.


ETAPA 4: Mostra do produto.


Nesta etapa os alunos fazem a divulgação da campanha publicitária para a Feira de exposição e comercialização do sabonete.


O convite para a feira pode ser divulgado para os alunos da escola e para a comunidade em geral. Além disso, a feira pode acontecer em formato presencial ou virtual (os produtos podem ser apresentados em formato de e-commerce e com entrega em modelo drive-thru, em data preestabelecida).


8. Autoavaliação/Avaliação


Os alunos podem ser avaliados em dois grandes polos:


1. Aspecto interdisciplinar (prática real de aplicação da convergência dos conteúdos aprendidos nas disciplinas do projeto).

2. Aspecto disciplinar (por componente curricular).


No primeiro aspecto, pode ser considerado o desempenho colaborativo, capacidade de aplicar os conteúdos estudados para situações da vida real e desempenho tecnológico. No segundo aspecto, por sua vez, os professores podem estabelecer rubricas específicas conforme as habilidades de suas respectivas áreas.


É importante ressaltar que o processo avaliativo precisa ser formativo e qualificativo para melhor aproveitamento do processo de ensino e aprendizagem.


9. Feedback


É importante que haja feedback individual e coletivo das atividades desenvolvidas pelos estudantes. Para isso, os professores podem fazer, a cada semana, uma reunião de fechamento de ciclo com uma autoavaliação do grande grupo.


Fonte: PILLONETTO, Marlon Richard Alves Pillonetto. Educação e aprendizagem baseada em projetos. In: PILLONETTO, Marlon Richard Alves Pillonetto; IANOF, Jenifer; MARAIA, Luciana. Educação e tecnologias digitais: Metodologias ativas para sala de aula. Maringá: Viseu, 2023.


Espero que tenha gostado das dicas!

Até a próxima!


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page