top of page

ESTRATÉGIAS PARA O USO DE GAMIFICAÇÃO NO ENSINO DE HISTÓRIA


Fonte: Elaborada no aplicativo Microsoft Copilot através do prompt "Crie uma imagem de alunos em uma aula de gamificação na disciplina de História", por Pillonetto (2024).

Atualmente, as tecnologias tomam conta do cotidiano dos estudantes nos mais variados âmbitos. Os aparelhos eletrônicos, sendo o principal deles o smartphone, em muitos ambientes escolares se tornou um rival, no que diz respeito a atenção e presença dos estudantes dentro da sala de aula. Desse modo, como uma estratégia de aproximar o mundo tecnológico do mundo escolar, uma das principais metodologias ativas para estreitar esses dois mundos é a Gamificação, que se tornou comum nas práticas pedagógicas escolares. Desde então, os usos dessa ferramenta no chão da escola são uma das principais maneiras para chamar a atenção dos estudantes para assuntos relacionados aos componentes curriculares.


O uso de atividades com a lógica de perfil dos games, como o uso de missões, recompensas e trocas ajudam as crianças e adolescentes a desenvolverem o trabalho colaborativo, cognitivo  e auxilia na melhora da comunicação, trabalhando os processos de ensino e aprendizagem contidos na Taxonomia de Bloom (criar, avaliar, analisar, aplicar, compreender e memorizar). Desse modo, elementos de jogos em contextos educativos podem auxiliar o  aprendizado a se tornar mais dinâmico, envolvente e eficaz. 


A gamificação em atividades escolares pode ser aplicada de diversas maneiras, tanto com o uso de tecnologias quanto de forma analógica, sem a necessidade de internet e, trazendo a discussão do uso dessa metodologia ativa para dentro do ensino de História, é possível perceber que existem muitas possibilidades em se trabalhar com os conteúdos, tanto para o Ensino Fundamental quanto para o Ensino Médio!


Para que essa reflexão fique mais paupável, explanarei algumas estratégias para organizar atividades que envolvam a gamificação.


1. Contextualização de conteúdo histórico.


É importante que, dentro do planejamento da atividade que se busca desenvolver com os estudantes, ocorra a contextualização do conteúdo primário, pois, assim, os jogos digitais ou analógicos sobre o assunto se situarão como um exercício de reforço ou fixação do conteúdo!


2. Planejamento de atividades


Outro aspecto muito importante é o planejamento das atividades, verificando se essas estão de acordo com o nível de dificuldade que deseja expor os estudantes e se nelas são contemplados todos os conteúdos que foram abordados nas discussões em sala. Além disso, é muito importante buscar alinhar em seu planejamento se a atividade ocorrerá com o uso de equipamentos digitais ou analógicos, ou ainda de ambos.


3. Estabelecimento de regras simples


O uso de regras simples e bem desenvolvidas é essencial para o entendimento dos estudantes e a boa execução da atividade, além de ajudar o professor que está conduzindo os jogos a avaliar os critérios que se espera alcançar no decorrer da atividade.


Ademais, cabe ressaltar algumas das possibilidades de atividades gamificadas que exestem para o ensino de História, sendo eles:


1. Aplicativos para atividades plugadas


Google Earth -  uma ótima ferramenta disponibilizada pela Google que permite que os estudantes explorem virtualmente locais como sítios arqueológicos, cidades ou pontos de referência históricos. Em atividades plugadas, com essa ferramenta, é possível solicitar que os estudantes se reúnam e busquem os elementos propostos nas atividades e discutam entre si sobre os elementos encontrados, como por exemplo características em comum entre cidades históricas ou até mesmo localizar geograficamente as regiões de deslocamento de povos e o seu processo de fixação. Aqui, por exemplo, é possivel propor uma atividade gamificada no estilo caça ao tesouro, na qual a turma terá de buscar aspectos históricos dado para o professor.


Kahoot - a plataforma do Kahoot é uma ótima solução quando o assunto é desenvolver atividades de Quiz com os estudantes! Nela, professores têm a possibilidade de criarem salas com desafios de múltipla escolha que podem ser acessados pelos estudantes e respondidas a partir de seus próprios aparelhos de celulares, tendo o professor, no fim de cada partida, o percentual de acerto de cada estudante.


2. Aplicativos para auxiliar na criação de atividades desplugadas


Pinterest - a plataforma do Pinterest é um ótimo recurso quando o assunto é buscar ideias para desenvolver atividades analógicas, como jogos de tabuleiros, cartas e muito mais, possuindo uma variedade de possibilidades de aplicação em conteúdos de História! 


Site Ensinar História - um recurso interessante para conteúdos relacionados ao Ensino de História. Nesse site, é possível encontrar diversas atividades gamificadas com conteúdos voltados para o Ensino Fundamental, padronizados de acordo com as séries, assuntos e as habilidades da BNCC de História.


Espero que tenha gostado das dicas e até a próxima!



109 visualizações2 comentários

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Rated 5 out of 5 stars.

Tenho interesse! Super atrativo!

Like

Guest
Feb 18
Rated 5 out of 5 stars.

Conteúdo excelente. Amei as dicas dos sites!

Like
bottom of page